PARANÁ

Após polícia ir embora, mulher é morta pelo marido com 23 facadas, no Paraná

autor Publicado em 02 de Outubro de 2019

 

Após polícia ir embora, mulher é morta pelo marido com 23 facadas, no Paraná

 

Uma mulher, de 29 anos, foi morta a facadas, em São Carlos do Ivaí, no noroeste do Paraná. Instantes antes de morrer, a vítima acionou a Polícia Militar (PM) que foi até o local. Entretanto, logo após os militares irem embora a discussão entre o casal foi retomada.

                                    

Um dos filhos da vítima presenciou a mãe sendo esfaqueada e correu até a casa do avô para pedir ajuda. Ao chegarem ao local, Edilaine Fernandes dos Santos já estava morta e o companheiro fugiu.

                                    

De acordo com a perícia do Instituto Médico Legal (IML) de Paranavaí, que recolheu o corpo, a mulher foi alvo de 23 facadas. Braços, pernas e tórax estavam perfurados. Edilaine tinha três filhos de outro relacionamento.

                                    

Um dos filhos, de apenas 11 anos, presenciou a mãe sendo morta e foi o responsável por pedir ajuda ao avô. O pai da vítima contou que pouco antes da filha morrer, ele foi até a casa de Edilaine e pediu para ela ir embora com ele. “Vamos lá para casa que ele vai fazer uma loucura com você”, contou Roberto dos Santos.

                                    

Entretanto, nem a presença do pai da mulher e nem da polícia, que passou pela residência pouco antes do crime, foram capazes de evitar a morte de Edilaine. A vítima preferiu permanecer na casa, localizada na rua Pedro Marin, e acabou sendo vítima de um novo ataque.

                                    

De acordo com a PM, a mulher já havia realizado dois boletins de ocorrência contra o marido, que tem 32 anos e segue sendo procurado. 

 

 

Fonte: Goionews

Avalie esta matéria:
Total de Voto(s): 0 - Média de Voto(s): 0

 

 

Supermercado Borgio Rodapé